THE BLONDE

Mesmo décadas após sua morte, o ícone Marilyn Monroe continua povoando o inconsciente coletivo. Sai agora no Brasil, Blonde, de Joyce Carol Oates, tradução de Luísa Geisler. A edição é da Harper Collins. Oates é festejada autora contemporânea. Entre suas premiações, o National Medal of Humanities e o National Book Award. É professora da Universidade de Princeton e membro da Academia Americana de Artes e Letras.

Folha de São Paulo, 13/02/2021, p. 34.

A ESTRANGEIRA

Entre a Basilicata e o Brooklyn, de Roma a Londres, da infância ao futuro, este romance de Claudia Durastanti é uma aventura — muito pessoal — que combina novas e velhas migrações. Filha de pais surdos, descendente de uma família de imigrantes que trocou a Itália pelos Estados Unidos, ela nasceu no Brooklyn. A menina que se tornou adulta não para de traçar novos caminhos migratórios: para o estudo, para a emancipação, para o amor irremediável.

Folha de São Paulo, 06/02/2021, p. 30.